Feng Shui – Aproveitando as boas energias

Os orientais, há milênios, acreditam que fluxos de energia correm incessantemente pela Terra, inclusive por nossa casa e, o templo maior, nosso corpo. Para equilibrar a energia do corpo, que emana dos chacras, recomendam práticas como a Acupuntura, a Meditação e o Tai Chi Chuan. Acredita-se que a energia externa também interfere em diversas áreas da Vida, portanto, também precisamos mantê-la em equilíbrio e, para isso, os mestres taoístas desenvolveram o Feng Shui.

Feng Shui significa literalmente “vento” e “água” – observe que são palavras onomatopéicas, seu som reproduz o barulho do vento “Feng” e da água “Shui” – e é uma corrente de pensamento chinesa elaborada há mais de 4000 anos. Ela analisa as vibrações energéticas existentes em um imóvel e promove um “tratamento”, chamado de “cura”, desse espaço visando a dispersar as frequências negativas e conservar as positivas, trazendo, assim, equilíbrio e harmonia para o ambiente e seus moradores.

Fonte da imagem

Para um diagnóstico completo sobre a vibração de um local, seria feito um estudo geográfico usando bússola e complexos cálculos matemáticos para definir a influência magnética exercida ali, além de uma análise do entorno, se é próximo a um rio ou em cima de uma montanha, por exemplo. A técnica pode ser aplicada num terreno que receberá uma construção ou num imóvel já habitado há muito tempo.

Um dos instrumentos utilizados é o baguá, um mapa dos centros de energia da residência e dos cômodos, que apresenta 8 áreas da vida e quais elementos, cores, formas, plantas e pedras os simbolizam. Cada ambiente da casa é dominado por uma dessas áreas e, usando os elementos indicados, pode-se atrair as energias boas e neutralizar as ruins.

Fonte da Imagem

Eu sei que isso está muito complicado, né? Calma. Se você tem interesse em saber tudo o que o Feng Shui pode fazer por sua casa ou trabalho, é melhor pedir ajuda a um profissional, já que se trata de um estudo complexo e que envolve várias técnicas e etapas. Mas ainda sim tem muita coisa que nós mesmos podemos fazer. Tenho algumas dicas baseadas no Feng Shui, que são simples de aplicar em casa e podem ser o primeiro passo para uma renovada geral.

– Faça uma faxina: Aquele faxinão mesmo, de limpar cantinho, ventilador de teto, em cima do guarda-roupa, tudo. Sujeira é energia parada. Aproveite também para arrumar e organizar as gavetas, armários e prateleiras. Além de facilitar o fluxo de energia, a organização facilita muito as tarefas do dia-a-dia.

– Separe tudo o que está em excesso: Doe o que está em bom estado e recicle o que não dá mais para usar. Mas é todo o excesso mesmo – roupas, livros, revistas, objetos e até móveis. Desapegue. O Feng Shui prega o minimalismo, ou seja, devemos possuir apenas aquilo de que precisamos, tudo o que está demais deve ser descartado. Há objetos quebrados na sua casa? Se for possível, conserte-os; se não, livre-se deles. Faça essa energia circular.

Fonte da imagem

– Organize os móveis de forma a liberar a passagem (de pessoas, de vento e de luz): Não deixe que nada fique atrapalhando o caminho e, se achar que num cômodo tem móveis demais, leia o ítem acima novamente. A circulação pela casa deve acontecer de forma fluida, sem que haja necessidade de desviar dos móveis. Esse texto aqui pode te ajudar. Abra as janelas e deixe a luz e a brisa entrarem. Decore a entrada da casa de maneira que as visitas se sintam acolhidas logo ao chegarem.

– Cuidado com o banheiro: Ele é o vilão da casa em matéria de conservação de energia, já que a água corrente da descarga, da torneira e do chuveiro tende a levar a energia com ela, portanto, deixe a tampa do sanitário sempre abaixada e a porta do banheiro fechada. Certifique-se de que não há vazamentos e não deixe a torneira pingando. Manter um vaso com plantas nesse ambiente também ajuda a elevar o nível energético.

Fonte da imagem

– Decore com elementos da natureza: Plantas naturais plantadas em vasos trazem vida e energia para os ambientes, além de serem lindas. Veja como usá-las neste texto aqui. Outros elementos que também colaboram com a energização, são objetos de madeira e cristais – espalhe-os pela casa, principalmente perto dos aparelhos elétricos. Espelhos também são maravilhosos para essa função, mas nunca os coloque em frente à porta principal ou sobre a cabeceira da cama, pois assim ele irá rebater a energia para longe. Incenso também ajuda a perfumar e acalmar o ambiente. Esse texto te ajuda a saber um pouco mais sobre aromaterapia.

Não é assim tão difícil, hein? E é só um primeiro passo. Claro que equilibrar sua vida não depende só da arrumação da casa, mas leve esses conceitos sempre consigo: desapego, doação, organização e limpeza. Começando por fora, logo a gente também se arruma por dentro e o equilíbrio e a harmonia se instalam. Deixe a energia fluir.

Thi Garcia

Sou fascinado pela beleza do nosso Planeta, doido por experimentar e descobrir todas as cores, aromas e sabores que a Natureza guarda. Vejo o mundo como uma criança que nada entende, mas tudo quer aprender. Através das mãos, dou vazão à criatividade que batuca na minha cabeça, desenhando, pintando, costurando, cozinhando ou construindo.A ideia de parar de comer carne foi a primeira tesourada para cortar as amarras de todos os paradigmas que me impedem de alçar voo neste Universo, compreendê-lo e tomar consciência do meu papel como parte Dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: