Erros mais comuns na Decoração – Parte 3: Estilos

Qual o seu estilo preferido na Decoração? Essa pergunta nem sempre é fácil de responder, já que estilos estão sempre entrando e saindo de moda, novos estilos e ramificações vão surgindo, muitos são parecidos ou se completam, e nós não precisamos gostar apenas de uma coisa, né? Mas, na hora de fazer a decoração de sua casa ou cômodo, sem contar com a ajuda de um profissional, é importante ter uma ideia do estilo que você deseja. Esse é um ótimo ponto de partida.

Sala de estar em estilo escandinavo – Fonte da imagem

Comece pesquisando, na internet ou em revistas especializadas, referências dos estilos existentes. eleja, então, aquele ou aqueles quem têm mais a ver com você. Seguir tendências é bacana pois fica mais fácil encontrar referências e produtos que estão na moda naquele momento – minimalista, escandinavo e industrial são os estilos mais em alta neste ano – mas se você prefere algo diferente, pode pesquisar mais a fundo e garimpar peças por aí.

Sala de jantar em estilo minimalista – Fonte da imagem

Quando encontrar um estilo que te agrade, estude sobre ele, veja quais são suas características em relação a cores, formas e materiais, e então comece a projetar o seu ambiente. Defina a cor das paredes; os revestimentos; as luminárias; o modelo dos móveis, cortinas e tapetes; os objetos de decoração. Observe se todos esses elementos juntos entram em harmonia. Nem todos precisam seguir o mesmo estilo, pois, como eu disse, alguns são diferentes, mas se complementam; porém, há os que se chocam, e, quando colocados juntos, o resultado pode ser desastroso. Já vi lavabo com torneira contemporânea, luminária industrial e espelho provençal, nada tinha a ver com nada; ou esculturas étnicas ao lado de quadros pop = uma confusão para os olhos. Tome cuidado.

Sala de jantar e cozinha em estilo industrial – Fonte da imagem

Cada cômodo de uma casa pode ter um estilo diferente? Pode! Por que não? Tudo depende do efeito que se quer, mas se esses cômodos forem integrados, melhor que sejam estilos bem próximos. Se o cômodo ficar separado dos outros por uma porta que esconda tudo, um estilo totalmente diferente pode surpreender os visitantes. Garanta que a surpresa seja boa.

Quarto de adolescente em estilo provençal – Fonte da imagem

A região em que a casa se encontra pode influenciar na decoração, pois alguns estilos se contextualizam melhor em certas áreas. Por exemplo: estilo provençal na casa de campo, navy na casa de praia, industrial na cidade. Em alguns casos, o interior pode romper com a paisagem externa – como levar a leveza do urban jungle para um apartamento no meio de um centro urbano em contraste com o cenário de edifícios ao redor.

Sala de estar em estilo urban jungleFonte da imagem
Sala de estar em estilo navy

Repito a mesma dica dos temas anteriores: HARMONIA é a chave de uma boa decoração. Com isso em mente, ao desenvolver a decoração do seu espaço, seja de uma vez ou aos poucos (como estou fazendo aqui em casa), você vai ver que o resultado trará muito mais bem-estar e aconchego, fazendo com que todos os que ali vivem tenham mais qualidade de vida.

Ainda ficou com dúvida? Pode comentar aqui que eu respondo.

Thi Garcia

Sou fascinado pela beleza do nosso Planeta, doido por experimentar e descobrir todas as cores, aromas e sabores que a Natureza guarda. Vejo o mundo como uma criança que nada entende, mas tudo quer aprender. Através das mãos, dou vazão à criatividade que batuca na minha cabeça, desenhando, pintando, costurando, cozinhando ou construindo.A ideia de parar de comer carne foi a primeira tesourada para cortar as amarras de todos os paradigmas que me impedem de alçar voo neste Universo, compreendê-lo e tomar consciência do meu papel como parte Dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: