Decoração Afetiva – Memórias e Sensações

Quando pensamos em nossa casa, queremos um lugar que nos aconchegue, onde podemos sentir amor, carinho, acolhimento e segurança. É aí que entra o conceito de decoração afetiva – usar elementos de decoração para revelar memórias e sentimentos, tornando cada ambiente uma extensão de nós mesm@s ou da família como um todo.

Cada ambiente da casa deve ser trabalhado de forma diferente. Os quartos, por exemplo, podem manter os objetos que trazem memórias e sentimentos mais íntimos de quem dorme ali, enquanto, na sala de estar, os objetos devem representar a harmonia, as memórias da família e até mesmo de amigas, amigos e familiares que não moram ali mas sempre fazem uma visita. Não é difícil trazer esses elementos para o nosso convívio, mas é importante harmonizá-los dentro da decoração. Para te ajudar, vão aqui algumas dicas.

Cada elemento é importante na decoração afetiva, mas os móveis, até mesmo pelo tamanho, merecem sempre atenção especial. Portanto, se você tem um móvel de família, sem dúvida ele deve ser usado na composição do seu ambiente, pois está carregado de histórias e lembranças. Pode ser aquela poltrona que era da sua avó ou a mesa feita por seu pai, elas estão cheias de afetividade. Não se preocupe com o estilo – mesclar objetos vintage com contemporâneos torna a decoração mais interessante – e, se for preciso, pode ser feita uma reforma/customização para deixar o móvel em bom estado e com a sua cara, pois a essência da peça continuará ali e você só vai acrescentar mais capítulos a essa história.

Fonte da imagem

O mesmo vale para os objetos de família, como porcelanas, colchas, quadros e bibelôs. Para a decoração afetiva, o maior valor das peças não é o monetário, e sim o sentimental. Pense nas lembranças boas que terá cada vez que olhar ou usar um objeto que está há muito tempo na família, que você conhece desde criança e que também serviu para seus entes queridos. Isso não tem preço.

Fonte da imagem

Nada nos traz mais lembranças do que fotografias. Então por que não espalhá-las por toda a casa? Penduradas na parede ou em porta-retratos sobre mesas, aparadores e estantes, fotos sempre trazem boas recordações de familiares, amigos, viagens, comemorações e momentos felizes do passado. São também os objetos mais pessoais na decoração afetiva, pois mostram nossa imagem e sentimento em um determinado momento e, sem dúvida, merecem ser mostradas e fazer parte do decor.

Fonte da imagem

Outro ítem que aquece o coração são as lembranças de viagem. Impossível visitar pela primeira vez um lugar e não trazer um souvenir característico, seja uma obra de arte local, uma peça de artesanato ou um simples imã de geladeira. Que tal começar uma coleção desses ítens? Sem dúvida, eles atrairão a atenção das visitas e te farão lembrar de várias histórias.

Fonte da imagem

Muita gente tem guardados brinquedos da infância e eles devem sim fazer parte da decoração afetiva. Talvez precisem passar por uma boa limpeza ou conserto, mas definitivamente são preciosos objetos de decoração, carregados de sentimentos, carinho e boas lembranças. Talvez não seja tão fácil harmonizá-lo com os outros elementos do ambiente, mas é possível fazer de um brinquedo velho um fantástico objeto decorativo.

Fonte da imagem

Nossa última dica é de dois elementos sutis e que talvez só estimulem lembranças afetuosas à determinada pessoa, mas nem por isso deve ser ignorados – as cores e os aromas. Tem uma cor que te marcou? Talvez por tê-la visto em uma viagem ou num filme e ela te traz boas lembranças, talvez simplesmente porque você goste muito dela. O mesmo vale para os aromas – todo mundo tem um perfume preferido – a memória olfativa é um dos elementos que mais trazem lembranças à tona. E já que cor e aroma está em tudo que nos rodeia, que nos cerquemos de cores e aromas que nos agradam e trazem belas recordações. Aproveite e leia esse texto sobre as memórias.

Se cercar de amor é a chave para uma vida feliz. Há várias formas simples de usarmos a decoração para nos trazer mais bem-estar, como ter plantas em casa e fazer nossos próprios adereços. Os objetos podem ajudar a despertar os mais lindos sentimentos que estão ali dentro da gente só esperando para serem lembrados. Usemos a decoração afetiva para nos cercarmos de amor, afeto e boas lembranças.

Fonte da imagem de capa.

Thi Garcia

Sou fascinado pela beleza do nosso Planeta, doido por experimentar e descobrir todas as cores, aromas e sabores que a Natureza guarda. Vejo o mundo como uma criança que nada entende, mas tudo quer aprender. Através das mãos, dou vazão à criatividade que batuca na minha cabeça, desenhando, pintando, costurando, cozinhando ou construindo.A ideia de parar de comer carne foi a primeira tesourada para cortar as amarras de todos os paradigmas que me impedem de alçar voo neste Universo, compreendê-lo e tomar consciência do meu papel como parte Dele.

Um comentário em “Decoração Afetiva – Memórias e Sensações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: