Bote a mão na massa e “faça você mesm@”

Eu sou o tipo de pessoa que prefere passar horas (ou dias) fazendo algo com as próprias mãos a comprar pronto na loja ou encomendar a alguém. Já fiz prateleiras, cerca para a horta, cabeceira de cama, toalhas de mesa, almofadas, renovei cadeiras velhas, fiz a bancada de trabalho do home-office e até o rack da sala, entre outras coisinhas.

Quando cismo com um novo projeto, aprendo costura, bordado, marcenaria ou a técnica que for necessária – e nisso a internet me ajuda muito. Se você é como eu, comenta aqui sobre as suas experiências, vai ser ótimo trocar figurinhas sobre isso. Mas se você é da turma que prefere tudo já pronto, é só pagar e levar, e acha que não leva jeito pra coisa, vou te dar algumas razões para tentar fazer algo você mesm@:

1- Estimular a criatividade.

Você pode começar com projetos simples e copiá-los exatamente como no molde. Com o tempo, vai pegando o jeito e se sentindo mais confiante para fazer intervenções por sua conta própria e logo vai estar criando os próprios objetos e desenvolvendo a técnica com que mais se adapta. As possibilidades são infinitas e isso é muito excitante.

2- Ter as coisas exatamente do jeito que você quer.

Quem nunca passou pela frustração de imaginar algo incrível pra sua casa, rodar todas as lojas e perceber que aquela coisa não existe além da sua cabeça? Ou, se existe, é bem mais cara do que você pode pagar. Quando você faz, o resultado só depende de você e pode ficar do jeitinho que você queria.

3- Economizar dinheiro.

O trabalho do artesão ou artesã é difícil e deve ser muito valorizado. Mas nem sempre a gente pode pagar o valor pedido, mesmo que queiramos muito. Muitas vezes, o valor de uma peça artesanal é alto mais devido ao trabalho, que pode levar dias, do que pelo material. Se você tem um tempo sobrando, (e todo mundo tem, né?) pesquise na internet, aprenda a fazer, compre o material – ou aproveite o que tiver em casa – e dedique seu tempo extra ao projeto.

4- Aprender coisas novas.

Nos últimos tempos, tenho descoberto que a maior riqueza é o conhecimento. Conhecer lugares, pessoas, histórias, saber como aparelhos funcionam, aprender línguas e técnicas para fazer coisas novas. Além de estimular o cérebro, ser capaz de fazer as próprias coisas te dá uma sensação grande de independência. É fantástico não depender de ninguém para algo que você quer.

5- Ter um passatempo.

A gente sempre reclama que não tem tempo para fazer as coisas que gostaria, mas já reparou em quanto tempo a gente passa vendo besteiras na internet ou na TV? Tire parte desse tempo para aprender algo e desenvolver um projeto. Sua mente vai se desligar do resto do mundo e se concentrar em criar algo bacana que pode decorar sua casa, resolver um problema que te incomodava ou ser dado de presente.

6- Ter uma peça única, que ninguém mais tem.

Uma peça artesanal, mesmo feita em série, dificilmente sai exatamente igual à outra. Imagina se você fizer a sua própria. Vai colocar ali o seu toque pessoal e ninguém mais vai ter uma peça igual.  É uma forma de deixar sua casa totalmente com a sua cara e personalidade. E a gente ainda fica chei@ de orgulho quando elogiam algo que nós fizemos. A auto-estima ó, vai lá em cima!

7- Reaproveitar materiais que provavelmente iriam pro lixo.

Essa é uma das vantagens do “faça você mesmo” que eu mais gosto, pois, em vez de ir na loja e comprar um produto novo, você pode aproveitar coisas na sua casa que iriam para o lixo e transformá-las em algo totalmente diferente e útil. Economiza, cria, se diverte e ainda ajuda a diminuir a quantidade de lixo no planeta.

Sorte nossa que hoje temos a internet, pois, com ela, além de buscar inspiração para novas ideias, podemos aprender a fazer qualquer coisa que quisermos. Uma ferramenta muito bacana pra isso é o Pinterest, um site onde, ao se cadastrar, você seleciona os assuntos quemais te agradam, aí aparecem várias sugestões e você pode guardá-las organizando-as em pastas. Criamos uma pasta lá no nosso perfil com ideias de “faça você mesmo”. Clique aqui para acessar e nos seguir por lá. Você também pode procurar mais ideias digitando DIY (Do It Yourself, em inglês).

Agora se convenceu? São tantas áreas interessantes que com certeza uma vai despertar a sua curiosidade e você só tem a ganhar. Mão na massa!

Thi Garcia

Sou fascinado pela beleza do nosso Planeta, doido por experimentar e descobrir todas as cores, aromas e sabores que a Natureza guarda. Vejo o mundo como uma criança que nada entende, mas tudo quer aprender. Através das mãos, dou vazão à criatividade que batuca na minha cabeça, desenhando, pintando, costurando, cozinhando ou construindo.A ideia de parar de comer carne foi a primeira tesourada para cortar as amarras de todos os paradigmas que me impedem de alçar voo neste Universo, compreendê-lo e tomar consciência do meu papel como parte Dele.

Um comentário em “Bote a mão na massa e “faça você mesm@”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: